3 casos amorosos memoráveis no cinema europeu

The_Reader

O Leitor

3 casos amorosos memoráveis no cinema europeu

Paixão, luxúria e desejo são necessidades quase incontroláveis quando não se é suficientemente inteligente. Essas mesmas necessidades deram aos cineastas e roteiristas muitas ideias e materiais para colocar nas produções. De romances proibidos a relações incestuosas, o cinema sempre foi transgressor com retratos controversos. Comemorando a estreia do thriller holandês Obsessão, em que uma mulher entra em um caso tórrido com um jovem, apesar de ela ser casada, selecionamos três casos amorosos memoráveis no cinema europeu.

Michael Berg e Hanna Schmitz (O Leitor)

Retratado pelos atores premiados Ralph Fiennes e Kate Winslet, Michael Berg e Hanna Schmitz são os protagonistas de O Leitor, um drama germano-americano. O filme conta a história de Michael Berg, um advogado alemão que, em meados de 1958, tem um caso com uma mulher mais velha, Hanna Schmitz, que então desaparece, para ressurgir anos depois como uma das acusadas em um julgamento de guerra de crimes decorrentes das suas ações como guarda em um campo de concentração nazista. Michael percebe que Hanna está mantendo um segredo pessoal que acredita ser pior do que seu passado nazista ― um segredo que, se revelado, poderia ajudá-la no julgamento.

Kate Winslet ganhou vários prêmios por seu papel, incluindo o Oscar de Melhor Atriz. O filme em si foi nomeado para vários outros grandes prêmios, incluindo o Oscar de Melhor Imagem.

Erika Kohut e Walter Klemmer (A Professora de Piano)

Erika e Walter tiveram um dos casos amorosos mais perigosos do cinema europeu. Erika é uma professora de piano solteira em um conservatório de Viena, vivendo com a mãe em um estado de desequilíbrio emocional e sexual. Quando ela conhece um jovem estudante chamado Walter, juntos, eles entram em um relacionamento sadomasoquista.

Apesar da fachada protegida de Erika, ela é uma mulher cuja repressão sexual se manifesta em sua parafilia, incluindo voyeurismo, fetiches sadomasoquistas e automutilação. Walter é cada vez mais insistente no seu desejo de iniciar um relacionamento sexual com Erika, mas Erika só está disposta se ele satisfizer suas fantasias masoquistas.

A Professora de Piano foi escrito e dirigido por Michael Haneke e é baseado no romance de mesmo nome de 1983 de Elfriede Jelinek. No Festival de Cinema de Cannes de 2001, venceu o Grand Prix, com os dois protagonistas, Isabelle Huppert e Benoît Magimel, vencendo Melhor Atriz e Melhor Ator.

Dr. Stephen Fleming e Anna Barton (Perdas e Danos)

A última ligação proibida é aquela entre Stephen Fleming e Anna Barton no polêmico filme Perdas e Danos. Sob a direção inteligente do diretor francês Louis Malle, Perdas e Danos é um filme instigante sobre um dos piores cenários para a infidelidade. O filme é estrelado pelos atores premiados Jeremy Irons, Juliette Binoche e Miranda Richardson nos papéis principais, o que certamente é uma razão para não perder o filme.

Baseado no livro homônimo de Josephine Hart, as aventuras românticas de Fleming se tornaram um escândalo quando o político começa a compartilhar um relacionamento sexual com a namorada de seu filho e sua futura noiva, Anna.

Por seu papel, Miranda Richardson foi indicada ao Oscar e ganhou um BAFTA na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante por sua performance como a esposa ofendida do personagem principal do filme.

Voltar ao Obsessão

 
  

Piano_Teacher

A Professora de Piano

Damage

Perdas e Danos

Inscreva-se para receber o Boletim Informativo do Eurochannel!

Não perca as nossas últimas programações, sorteios e eventos exclusivos!