3 famosos criminosos financeiros da história

Carlo_Ponzi.jpg

Carlo Ponzi

3 famosos criminosos financeiros da história

Para celebrar a estreia de Uma Mulher Fatal, um drama holandês sobre uma mulher que decidiu mudar o lado sombrio do sistema financeiro mundial, queremos lembrar alguns dos criminosos financeiros mais famosos da história. Suas fraudes devem lembrar a todos nós a quem devemos confiar nosso dinheiro.

Carlo Ponzi

Carlo Ponzi era um imigrante italiano que chegou aos Estados Unidos em 1903 com pouco ou nenhum dinheiro. Dezessete anos depois, ele inventou o primeiro esquema moderno de fraude em grande escala, que o transformou em um multimilionário e uma figura pública em poucos meses, antes de arruiná-lo com a mesma rapidez. Seu esquema lucrativo prometia aos clientes um lucro de 50% em 45 dias ou 100% de lucro em 90 dias, comprando cupons de resposta postal com desconto em outros países e resgatando-os pelo valor de face nos Estados Unidos como uma forma de arbitragem. A vida de Ponzi foi adaptada ao cinema no filme Ponzi’s Scheme.

Bernie Madoff

Provavelmente o mais famoso fraudador financeiro da história moderna, Madoff chegou às manchetes por seus negócios desonestos. Madoff é um ex-formador de mercado, consultor de investimentos, financista e fraudador condenado, atualmente cumprindo pena em uma prisão federal por crimes relacionados a um gigantesco esquema Ponzi. Ele é o ex-presidente não executivo da bolsa NASDAQ, o operador confesso do maior esquema Ponzi da história mundial e a maior fraude financeira da história dos Estados Unidos. Os promotores estimaram a fraude em US$ 64,8 bilhões com base nos valores nas contas dos 4.800 clientes de Madoff em 30 de novembro de 2008.  Em 29 de junho de 2009, Madoff foi condenado a 150 anos de prisão, o máximo permitido.

Kazutsugi Nami

Ele não é muito conhecido no mundo, mas Nami se tornou um dos homens mais odiados no Japão por suas fraudes. Enquanto a maioria dos grandes golpes financeiros visa fundos de investimento e os ricos, Nami se aproveitou do homem comum, ao fraudar cerca de 37.000 pessoas em US$ 1,4 bilhão. Nami atraiu investidores com promessas de operações financeiras seguras na forma de uma moeda digital fictícia que ele apelidou de Enten. O empresário afirmou aos interessados que a moeda ganharia valor com o colapso das economias mundiais, garantindo um retorno anual de 36%. Ele foi condenado a 18 anos de prisão em 18 de março de 2010, pelo que muitos acreditam ser o maior golpe de investimento da história do Japão.

Voltar ao Uma Mulher Fatal

 
  

Bernie_Madoff.jpg

Bernie Madoff

Kazutsugi_Nami.jpg

Kazutsugi Nami

Inscreva-se para receber o Boletim Informativo do Eurochannel!

Não perca as nossas últimas programações, sorteios e eventos exclusivos!