Agora 15:05 - 16:35Só Por Amor T2 E1 (Itália)
Esta Noite 20:00 - 21:25Burlesque (República Tcheca)

Edith Piaf, a história por trás de uma lenda

Edith Piaf

Edith Piaf, a história por trás de uma lenda

Poderia ter sido uma prostituta ou inclusive ter sido assassinada em uma briga na rua. Edith Giovanna Gassion mais tarde conhecida mundialmente como Edith Piaf, nasceu (em dezembro de 1915) e se criou longe do luxo que disfrutou no seus dias de fama. A lenda diz do que ela nasceu nas ruas de Paris, na ria Belleville, enquanto que algumas outras fontes e o seu certidão de nascimento dizem do que nasceu no Hospital Tenon.

Filha de um acrobata de rua e uma administradora de bordel, Edith teve uma infância dura e complicada. Durante os seus primeiros anos foi criada pela sua avó e anos mais tarde foi morar no bordel que administrava a sua mãe, e com frequência ficava sob o cuidado das prostitutas.

Depois de sair do bordel para se reunir com o seu pai no mundo dos acrobatas de rua, Edith começou construir seu próprio caminho à fama. Também deixo ao seu pai e começou fazer os seus próprios atos, cantando nas ruas de Pigalle, Ménilmontant, e nos subúrbios de Paris. Pouco tempo depois –seguindo sempre uma vida levada e se relacionando com personagens do baixo mundo- foi descoberta por um proprietário de um clube noturno que ofereceu a ela cantar em seu cenário algumas noites.


Em aqueles dias, de mediados da década de 1930, Edith Giovanna Gassion começou ser chamada de Piaf “pequeno pardal” em francês. No entanto, sua crescente fama em Paris viu-se opacada pelo assassinato do seu benfeitor em 1936, no começo era ela a principal suspeita, logo depois descobriram que o dono do clube foi assassinado por uma quadrilha, conhecidos de Piaf nas ruas paríssimas. O evento chamo atenção negativa dos médios, mas ela logrou superar o problema. Para mudar a sua imagem trocou seu nome artístico para Edith Piaf e começou fazendo amizades com pessoas importantes como o poeta Jacques Borgeat.

Na época da Segunda Guerra Mundial, Edith Piaf era a cantora mais importante na França e solia apresentar-se ante as tropas da França ocupada, muitas vezes acusada de traição pelos sus compatriotas. Não obstante algumas fontes afirmam que trabalhava como uma infiltrada da resistência francesa.
Poderia ter sido uma prostituta ou inclusive ter sido assassinada em uma briga na rua. Edith Giovanna Gassion mais tarde conhecida mundialmente como Edith Piaf, nasceu (em dezembro de 1915) e se criou longe do luxo que disfrutou no seus dias de fama. A lenda diz do que ela nasceu nas ruas de Paris, na ria Belleville, enquanto que algumas outras fontes e o seu certidão de nascimento dizem do que nasceu no Hospital Tenon.

    

 

Edith Piaf

 

Edith Piaf

Edith Pia at the Paris Olympia music hall


Quando a guerra acabou, ela se fez famosa no mundo todo e viajou a través da Europa, dos Estados Unidos e Inclusive a América do Sul. Na década do 1950 virou más popular ainda depois da sua aparição em programas de televisão como O show de Ed Sullivan, onde atuou oito vezes e teve um impacto nunca antes visto no  público estadunidense.  Nos anos seguintes, Edith Piaf realizou shows em toda Europa, sendo dos mais importantes os feitos no Olympia Music Hall, onde ela logrou fama vitalícia cantando ali até 1962.

Piaf morreu em outubro de 1963 com 47 anos, depois de lutar em contra do câncer do fígado. De acordo com a lenda e diferentes biografias ela manteve firmemente o seu estilo de vida crua e real até a sua morte, e as suas últimas palavras foram: “Todas as burrices que você faça nessa vida, você paga”

Voltar ao Patricia Kaas

El cine austriaco

 

 

 

Inscreva-se para receber o Boletim Informativo do Eurochannel!

Não perca as nossas últimas programações, sorteios e eventos exclusivos!