Esta Noite 20:00 - 21:30Escalada (França)

Entrevista com Karel Hermanek (Leopold Hilsner)

Karel_Hermanek_1.jpg

Entrevista com Karel Hermanek (Leopold Hilsner)

Leopold Hilsner é seu maior papel até agora. Foi um desafio interpretá-lo?
O mais difícil em Hilsner era apresentar suas diversas facetas. Ele era um homem muito simples - um vagabundo que, sem o infeliz assassinato, não teria chamado a atenção de ninguém. Desde o início, tentamos tornar o personagem mais interessante para que o espectador pudesse acompanhar o que Hilsner está passando no momento. Nesse sentido, foi uma grande experiência para mim.

Você sabia alguma coisa sobre o caso antes das filmagens?
Tenho que admitir que não. Não sei por que não estudamos isso na escola. O caso teve um grande impacto em eventos posteriores, não só em nosso país, mas também no mundo. As atividades de Masaryk abriram as portas do mundo para ele e, graças a isso, ele teve mais apoio. Por exemplo, nos Estados Unidos, com a criação de uma Tchecoslováquia independente. O caso repercute até hoje. Ainda é um mistério para mim por que Hilsner ainda não foi inocentado.

Como você descreveria o que Leopold Hilsner passou com base no que aprendeu durante as filmagens? A filmagem mudou sua visão dele?
Acho que deve estar claro, para quem já ouviu falar do assassinato ritual pelo qual Hilsner foi condenado, que isso é um absurdo absoluto. Fiquei me perguntando o que as pessoas diziam na época. E eles eram pessoas de grande cultura. 

Você já foi ao local ou à casa de Hilsner?
Sim. Passei um dia em Polná e aos poucos visitei todos os lugares onde se desenrola a história do filme e do caso.

Voltar ao Um Homem Inocente

Inscreva-se para receber o Boletim Informativo do Eurochannel!

Não perca as nossas últimas programações, sorteios e eventos exclusivos!